Inteligência artificial e machine learning: como essas tecnologias podem ajudar o seu negócio a crescer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Devido ao advento da internet e todas as outras tecnologias que surgiram após a popularização dos serviços web e em ambiente digitais, como a criação de softwares, hardwares e aplicações para basicamente tudo, facilitando as atividades rotineiras de grandes, médias e pequenas empresas e a vida dos seus usuários. 

Recentemente foi possível observar um crescimento de serviços e negócios investindo em novas tecnologias que proporcionam aos seus clientes uma melhor experiência e as empresas investem cada vez mais em métodos de leitura de dados e demais aspectos de big data. 

A inteligência artificial (IA) e o machine learning representam bem esse diferencial promovido pela era digital. 

 

O que é Inteligência Artificial

A Ciência da Computação é a responsável por simular a inteligência e o comportamento humano em máquinas, o principal objetivo é que computadores possam realizar atividades humanas. São exemplos de Inteligência Artificial os carros autônomos e aviões pilotados de maneira automática. 

Por mais que isso pareça uma novidade, a inteligência artificial está cada vez mais presente no nosso dia a dia. 

Já percebeu que quando você está navegando na internet e decide comprar algo, no site sempre há uma área de nome “produtos recomendados” ou então “você também pode gostar disso”, outro exemplo é quando vemos e-mails sendo classificados como spam. 

Essa escolha de produtos com base no nosso comportamento nas redes sociais e classificação de e-mails como indesejados fazem parte do trabalho da inteligência artificial.

O responsável pelo termo Inteligência Artificial foi John McCarthy, professor de matemática do Dartmouth College, as palavras Inteligência Artificial foram ditas pela primeira vez em 1955. 

Naquela época McCarthy e outros colegas ofereceram uma visão de futuro muito pretensiosa: construir computadores para desempenhar atividades ligadas à cognição humana, como abstração e uso da linguagem.

O que poderia soar como absurdo hoje em dia é algo comum, nós temos máquinas que realizam exatamente essas atividades. 

 

O que é Machine Learning 

Muitas pessoas acreditam que Machine Learning e Inteligência Artificial significam a mesma coisa, mas isso não é verdade. 

Embora estejam ligados, uma vez que a IA é um conceito que inclui o aprendizado de máquinas como um dos seus recursos, machine learning é o aprendizado de uma máquina, um sistema que modifica o seu comportamento de maneira autônoma, tendo como base a sua própria experiência. Nessa questão, a interferência humana é mínima. 

Para isso, os desenvolvedores criam um conjunto de regras lógicas que melhoram o desempenho de uma tarefa, ou seja, permite que a máquina tome decisões de maneira prática, considerando qual ação é a mais apropriada para o contexto. Essas regras são criadas com base em uma análise de dados.

Para facilitar o entendimento, vamos a um exemplo. 

Um usuário de smartphone fará uma pesquisa sobre o significado da palavra bravo. Para trazer o resultado dessa pesquisa o sistema irá analisar diversos parâmetros para decidir qual serão os resultados, podendo ser enfurecido ou corajoso, dois resultados para a busca que estamos utilizando como respostas possíveis

Acontece que, se minutos antes o usuário pesquisou por coragem, corajoso, o sistema tenderá a exibir resultados nesse contexto primeiro, tomando por base os dados de histórico de navegação do usuário. 

Os benefícios do Machine Learning 

Quando consideramos os benefícios promovidos por essa tecnologia para os profissionais que trabalham com o desenvolvimento de aplicativos e softwares, percebemos que através do Machine Learning é possível inserir uma série de recursos importantes que dão aos projetos criados pelos desenvolvedores mais segurança, melhora na experiência do usuário, uma colaboração considerável no algoritmo, respondendo a pesquisas e tendências de maneira mais fiel aos gostos e costumes de consumidores e clientes. 

Entre outras vantagens, combinadas com as promovidas pela Inteligência Artificial, podemos destacar as seguintes:

  • Uma possibilidade mais assertiva para detectar potenciais tentativas de fraudes;
  • Um resultado de pesquisas na web de maneira mais personalizada;
  • Anúncios que dialoguem com os interesses do usuário, isso em tempo real e em páginas web e em dispositivos móveis; 
  • Análise de sentimentos baseada em textos escritos pelo usuário; 
  • Pontuação de crédito e melhores ofertas;
  • Através dessa tecnologia é possível prever possíveis falhas em equipamentos; 
  • Disponibilidade de novos modelos de precificação; 
  • Também é possível detectar invasões em determinadas redes;
  • O algoritmo também consegue identificar e reconhecer padrões de mensagens, imagens e mais;
  • Filtragem de spams em caixas de e-mail.

O Machine Learning, também chamado de Aprendizado de Máquina, é uma metodologia utilizada para analisar dados de maneira automatizada, isso permite desenvolver, por meio de algoritmos, sistemas mais responsivos, analíticos e fiéis à experiência do usuário.

Dessa forma, permitem que os computadores consigam encontrar insights ocultos sem que precisem de uma programação explícita para buscar por algo específico.

 

Leia também: 

5 Dicas De Apps Para Criação De Mockups E Protótipos
Metologia Ágil: a forma simples de gerenciar projetos complexos

Olá! Podemos te ajudar?